quarta-feira, junho 20, 2007

Imbecilidade sem fim

Os grunhidos que em algumas partes do mundo se levantaram contra a atribuição do grau de cavaleiro a Salman Rushdie pela rainha de Inglaterra são mais uma prova da Idade das Trevas em que parte do Islão mergulhou. Nessas paragens, os agitadores das massas fanáticas continuam a incitar ao assassínio sem que em parte alguma desse mesmo mundo se oiça voz contra tal selvajaria nem, tampouco, a apelar ao mínimo bom-senso.



2 comentários:

pat disse...

O fanatismo é uma coisa curiosa...para mim é a mistura de alguma ignorância e conveniência.

A minha educação europeia e o meu espírito "do contra" não me permitem ser fanática...só muito teimosa.

Marta Oliveira disse...

Contribua e divulgue