sábado, setembro 15, 2007

Porque ainda é sábado






Bach, Arte da Fuga, Contrapunctus 14, I, por Glenn Gould


4 comentários:

João Rato disse...

Com arte desta por aqui nas nossas máquinas nós nem pensamos na fuga, ficamos em casa, o que nem sempre é bom. Valham-nos propostas deste calibre.
Abraço

pat disse...

Demasiado lento (para quem vai a fugir :p), prefiro...

Emerson Quartet- Art of the Fugue 9

Bem mais animado!

MARIA disse...

Eu gosto , Metralhinha. Muito.
Tem claramente a marca das suas preferências ...
A distinção, o bom gosto, a sensibilidade, embrulhadas em pacote belo e sóbrio .
Tinha saudades deste tipo de post ...
Um beijinho
Maria

Metralhinha disse...

João,
O João Sebastião tem-me sido uma boa companhia nos últimos tempos.

Pat,
Fui ver, muito interessante. Até parece uma peça diferente.

Maria,
As interpretações de Gould são sempre fantásticas. Ele sim, tinha sensibilidade.