quinta-feira, dezembro 27, 2007

Esta criança ainda chega a doutora...

... com as novas oportunidades...


4 comentários:

o intruso disse...

Também estou em crer que existe uma elevada probabilidade desta criancinha ainda chegar a Doutora (veja-se com um "D" maísculo)...

Pata Negra disse...

Nem sequer li, Abrupto nem vê-lo!
Vivam as crianças que não sabem escrever, filhas das crianças que antigamente nem sequer iam à escola!
Não vivam os melgas escritores que vivem da escrita e da sua opinião!
Pacheco Pereira, NÃO!
Um abraço roubado

Flávio Josefo disse...

Intruso
A criancinha não tem tempo para fazer os trabalhos da escola (conhecimento) e não é da simpatia da professora (capital relacional), logo não pode chegar a Doutora, a não ser que lhe saiam os canudos na Farinha Amparo. Mas também para que raio precisa de doutoramento? Para passar fome?

Flávio Josefo disse...

Pata Negra
Sempre revolucionário!
Obrigado pela visita.