sexta-feira, julho 11, 2008

GNR - Formação para a cidadania



Se mais razões não houvesse, esta bastaria para demonstrar a necessidade de pôr fim no militarismo da Guarda Nacional Republicana.

3 comentários:

Pata Negra disse...

Antigamente não era nada assim. Os instrutores só dão ordens destas porque agora há mulheres na GNR!
Um abraço agente

joão disse...

Também me parece.
No meu tempo considerava-se um insulto mandar fazer flexões a alguém com farda de saída.
E a imagem dos "cus" no ar é ridícula.

Quintanilha disse...

E lá no balneário obrigam-nos a apanhar sabonetes!