quinta-feira, fevereiro 19, 2009

A arte de roubar explicada por profissionais

Numa época em que todos clamam Crise! e quando jorram milhares de milhões que antes não existiam nem era possível criar, como agora se inventam, convém lembrar aos felizes receptadores desses balúrdios como os podem estoirar rápida, fácil e ineficazmente:
Construam-se rotundas nas dunas (depois de devidamente arrasadas), plantem nelas palmeiras, esqueçam-se de as regar e esperem que o mar as leve. Depois, quem sabe, alguém descobrirá que continuamos tão pobres, endividados e desacreditados como hoje estamos.


Rotunda com palmeiras secas entre barracas de lona e de alvenaria.
Quadro banal da West Coast of Europe (Costa da Caparica, Portugal).

1 comentário:

PITOSGA disse...

Esquisito, parecia-me a Tunísia, afinal é a costa, aquela que eu visto com dificuldade do meu poiso.